Página Inicial Fale Conosco Assine o Paraná Centro
Publicidade

03/10/2016

Fisioterapia no tratamento de torcicolo

Colunista Vandia

O torcicolo é uma contração involuntária dos músculos do pescoço, que causa dor de um lado da região e dificuldades para mexer a cabeça, que geralmente fica inclinada para um lado. Essa dor faz com que o paciente sinta dificuldades em executar tarefas simples no dia a dia.

As causas dessa síndrome não são exatamente conhecidas pelos médicos, geralmente são diagnosticadas por má postura ou dormir de forma errada, mas sabe-se que este problema acontece após um traumatismo na coluna cervical ou nos músculos do pescoço. O torcicolo pode estar associado também a infecções na área da cabeça, como hipertireoidismo, disquinésias tardias, infecções do sistema nervoso e até tumores no pescoço.

Pode atingir pessoas de todas as idades, mas as dores na região do pescoço são mais comuns em pessoas entre 30 e 60 anos, histórico familiar, uso de drogas e traumas na região também influenciam no desenvolvimento do torcicolo. As mulheres possuem mais tendência a terem o problema do que os homens.

Os principais sintomas são a limitação do movimento da cabeça, tremor na região, dor de cabeça, inchaço nos músculos do pescoço, ombro mais alto de um lado do corpo, dores e rigidez dos músculos do pescoço.
O tratamento pode envolver desde analgésicos até exercícios físicos. A fisioterapia é de extrema importância, pois ela é responsável por uma série de exercícios com efeito nos músculos, fazendo com que eles sejam relaxados e fortalecidos, além de atividades como alongamento, massagens na região, melhoramento na postura e descompressão de raízes nervosas, devolvendo o movimento de todo o pescoço e a cabeça.
Algumas vezes, o espasmo pode ser temporariamente aliviado através da fisioterapia.

Na fisioterapia podem ser aplicadas diversas técnicas, nomeadamente o calor, para relaxamento muscular e diminuição da dor, a massagem, para relaxamento do músculo e possível redução e/ou eliminação do nódulo que surge no torcicolo congênito; estiramentos, para favorecer o alongamento do músculo encurtado; entre outras. Quando problemas emocionais contribuírem para os espasmos, o tratamento psiquiátrico pode ser útil.

Mantenha a vida em movimento! Consulte um fisioterapeuta!

Dra Vandia Leal
Fisioterapeuta
Crefito 8: 96373-F
(43) 9648-1059





< Voltar





Mais Lidas








Grupo 



 Página principal