Página Inicial Fale Conosco Assine o Paraná Centro
Publicidade

26/09/2016

Atuação do fisioterapeuta na saúde da família

Colunista Vandia

A fisioterapia é a ciência do movimento em todas as formas de expressão e potencialidades e visa o restabelecimento máximo da capacidade funcional do indivíduo. O fisioterapeuta é o profissional que cuida da saúde da população com ênfase no movimento e na função, prevenindo, tratando e recuperando disfunções e doenças, para a melhoria da qualidade de vida do indivíduo.

Historicamente, a fisioterapia tinha ações voltadas, quase que exclusivamente, para o tratamento e a reabilitação, tendo a doença como enfoque. A partir da concepção de saúde enquanto qualidade de vida e não mais restrita à ausência de doença, o fisioterapeuta inseriu-se no sistema de atenção básica numa outra perspectiva de atuação na promoção de saúde e prevenção de doenças e não só no tratamento e reabilitação. Embora esta premissa não revele uma realidade nacional, casos pontuais estão sendo desenvolvidos, ações voltadas para a saúde da população na atenção primária, com o apoio dos gestores locais de saúde, revelam que esta inserção está em construção, e cada vez mais o fisioterapeuta conquista espaço na consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS).

O fisioterapeuta na Estratégia de Saúde da Família (ESF) vem buscando definir melhor o objeto de atuação nesta área, tornando a fisioterapia mais acessível à população e colaborando para uma saúde mais integral.
Para consolidação do Programa Saúde da Família (PSF) faz-se necessária uma adequação dos profissionais de saúde à estratégia, considerando-se a integralidade como eixo estrutural e a saúde vista na positividade.

A fisioterapia historicamente admitiu como objeto de trabalho o indivíduo doente, porém, com a inclusão gradual no PSF também se torna co-responsável pela mudança na abordagem.

A fisioterapia relativamente a outras profissões da área da saúde e, ainda hoje, o acesso da população à assistência fisioterapêutica é limitado, e o conhecimento de qual seja a atuação, até mesmo entre outros profissionais da área de saúde, parece ser relativamente restrito.
Com a implantação do PSF é que se viu a necessidade e importância da inserção do fisioterapeuta na equipe, visando maior promoção e prevenção da saúde, melhorando assim a qualidade de vida. Neste contexto, verificamos a importância da inserção do profissional fisioterapeuta como agente multiplicador de saúde, desenvolvendo atividades, em interação com uma equipe multiprofissional e de forma interdisciplinar, nas unidades básicas e de saúde da família.

Fonte/Portal Educação
Dra Vândia Leal
Fisioterapeuta
Crefito 8: 96373-F
(43) 96481059





< Voltar





Mais Lidas








Grupo 



 Página principal