Paraná Centro Online

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Line Break (Shift + Enter)
Adicione seu telefone
na lista telefônica!
Geral - 21/06/2009
No dia 6 de junho, no Colégio Estadual D. Pedro I, de Pitanga, aconteceu a aula inaugural do Curso Profuncionário - Técnico em Alimentação Escolar. A nova turma deste curso tem como tutora a pedagoga Arlete Probst de Lima e 28 alunos selecionados através do Edital 128/09, sendo 18 alunos da rede estadual dos municípios jurisdicionados ao NRE/Pitanga e 10 alunos da rede municipal de Pitanga.

O encontro contou com a presença da diretora do colégio Nanci Bassani, que fez questão de dar as boas-vindas aos novos alunos, colocando os materiais, laboratórios e biblioteca do estabelecimento à disposição.

A professora Natália Tomen, responsável pelo Profuncionário no NRE, também participou do evento, e orientou os alunos sobre o funcionamento do curso, esclareceu dúvidas, e falou sobre a importância do curso para o crescimento pessoal e profissional dos participantes, bem como da importância das discussões e reflexões sobre suas práticas diárias, conhecimento de documentos oficiais, como Projeto Político Pedagógico e Regimento Escolar dos estabelecimentos em que atuam. 

Para a professora Natália, o curso tem sido um sucesso, conforme se pode comprovar em depoimentos de alunos da professora tutora Marilene Mendes,  de Santa Maria do Oeste, do curso Meio Ambiente e Estrutura Escolar, que já estão a meio caminho andado:

“O Profuncionário está sendo importantíssimo, pois pudemos tomar conhecimento de documentos importantes como o Projeto Político Pedagógico, Regimento Escolar. Relembramos a história da educação, como tudo começou e como está hoje em dia. Tive avanços em informática, o que está sendo de grande valia para a digitação de trabalhos. Enfim, estou muito entusiasmado e com muitas expectativas quanto à parte específica, que virá nos próximos módulos” - Cleverton de Souza.

“Neste curso tive muitos progressos, agora sei dos  direitos e deveres de um educador. No início do curso, as expectativas eram de adquirir conhecimentos, hoje eu sei mais do que o esperado.

Estou muito contente, o curso me ajudou em várias coisas, só tenho a agradecer”- Cleide Aparecida S. Bonfim.
“É de grande valia este curso, pois trouxe grandes conhecimentos para minha vida pessoal. Pude conhecer mais sobre meus direitos, meus deveres, consigo refletir sobre tudo o que está à minha volta. Aprendi até informática.

Apesar da distância e do cansaço da semana, sabemos que no sábado temos o curso e isso me alegra, pois aprendemos coisas novas para repassar, principalmente, para nossas crianças, as quais me dedico e amo muito.

A tutora nos ensinou muitas coisas que eu não sabia, sempre que tenho tempo, fico lendo as apostilas para aperfeiçoar meus conhecimentos”- Maria Valdenice F. Divino.

“Com o curso tive muito progresso, pois conheci pessoas fantásticas, pudemos trocar experiências com outros cursistas, o que tem ajudado nas minhas atividades da escola.

Hoje, percebo que, apesar de estar longe das salas de aula há muito tempo, eu particularmente sabia muito pouco sobre o funcionamento de uma escola nos seus diferentes setores. 

Minha maneira de ver a escola ficou mais clara, hoje sei muito mais sobre a função pedagógica no estabelecimento de ensino, sobre o  regimento escolar.

Há, porém, uma pontinha de decepção, pois nós, Agentes Educacionais I, somos pouco ouvidos e respeitados por pouquíssimos professores, mas a nossa fé, nosso empenho e dedicação vão mudar isso, com certeza” - Sebastião Q. da Cruz.

Finalizando, a tutora Arlete acredita que, como os alunos citaram, os seus alunos também se apaixonarão pelo curso, devido a  sua importância, que está diretamente relacionada à prática profissional, bem como pela convivência  harmoniosa e  trocas de experiências que o curso proporciona.












Disse Jesus: “É necessário que eu anuncie o Evangelho do Reino de Deus também às outras cidades, pois para isso fui enviado”. Lucas 4:43

C2013 - jornal Paraná Centro